Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

todos perdem o encantamento quando se distraem contigo

todos perdem o encantamento quando se distraem contigo

Silêncio ensurdecedor

 A Manuela era uma pessoa dorida da razão que levara nas costas. E era desse peso que queria se livrar. Do peso da vida. A vida também ela isenta de qualquer coisa de irreverente. Um dia percebeu que tinha ganho muito pouco com ela e decidiu descobrir quem era, para além daquela coisa que ela própria não sabia descrever. Quem era ela? Uma pessoa sem maldade e ingénua. Ela própria não sabia se o era de facto. Se calhar até tinha medo de perceber o que temia ser. Fechava os olhos e suspirava pausadamente. Ouvia com atenção todos os pormenores do dia. Estava confusa e desligou a televisão durante uns meses. Quem era ela? Esta pergunta surgia frequentemente na sua mente. Para onde teria de ir para o descobrir? Foi então que pensou em fazer um retiro espiritual, apesar de não se sentir inteiramente preparada para o fazer. Apanhou um avião e dirigiu-se para o tal local..

 

O retiro situava-se num local sossegado e arejado, de um silêncio capaz de fazer o maior ruído dentro daquela cabeça. Era um teste de paciência ridiculamente complicado para uma principiante na meditação.  A aragem daquele local, pareceu-lhe como que sapiente de qualquer coisa inexplicável e por breves instantes, só conseguiu pensar no silêncio ensurdecedor do seu pensamento.   Era o ruído da sua alma. Os seus fracassos e a sua loucura. Um não grito de fuga, paira ali, ali mesmo. Quem seriam os outros? Quem seria ela ainda?

 

Uma séria vontade de descobrir abriu caminho onde tudo começou.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D